Suporte é salvação para ter um negócio bem sucedido no franchising

 

JRX Galasse Corretora de Seguros proporciona segurança a quem quer ter o negócio próprio mesmo sem experiência

 

Para quem está em busca de abrir o próprio negócio através do franchising é primordial analisar o suporte que a franqueadora oferece aos seus franqueados. É através dessa relação que é possível se sobressair dentre os contratempos que surgirão no mercado durante a condução do negócio.

 

Engana-se quem pensa que o suporte se resume apenas na captação inicial. Pelo contrário! Trata-se de um processo contínuo, com o intuito principal de ajudar o franqueado a corrigir possíveis falhas e erros, buscando soluções para que ele conduza sua franquia de forma adequada.

 

Apenas experiência técnica não é suficiente

Mesmo com 18 anos de experiência trabalhando com uma seguradora, Priscila Maria de Melo enfrentou grandes desafios no início do seu próprio negócio e percebeu a tempo que estava seguindo pelo caminho errado.

 

Até então responsável por dar treinamentos em diversos ramos de seguros: Vida, Auto, Previdência e Consórcio, quando foi desligada da seguradora sua ideia era investir em sua própria corretora e realizar o sonho de ser uma empreendedora. Em 2019 encontrou a JRX Galasse Corretora de Seguros para dar início à essa nova etapa da sua vida.

 

“Quando comecei fiz tudo ao contrário do que os gestores da franquia me orientaram: gastei muito dinheiro com agência de marketing digital, porque minha preocupação era ter um site para ter mais clientes. Coloquei meu foco em um produto que não dominava – plano de saúde, até que um dia a franqueadora me chamou para uma reunião e me deram um choque de realidade. Eles analisaram meus gastos, ganhos, e pacientemente montaram um planejamento de atuação”, relembra Priscila que administra uma unidade física da JRX Galasse Corretora de Seguros, na cidade de São Paulo.

 

 

A empreendedora conta que gastou muito dinheiro e não tinha retorno financeiro, pois as suas campanhas eram direcionadas para um público muito amplo, aonde os clientes que vinham eram justamente onde não oferecia atendimento.

 

Do tropeço ao sucesso

Após a reunião com os gestores da JRX Galasse, Priscila resolveu que era hora de mudar de tática e seguir os conselhos deles, que inclusive, visitaram sua unidade e acompanharam de perto a forma em que era conduzido seu negócio e suas maiores dificuldades.

 

Priscila se inscreveu em treinamentos das seguradoras em que atendia, participou de projetos de seguro de vida para entender melhor sobre esse serviço. Com o passar dos dias esse aprimoramento foi dando abertura para conhecer mais sobre as companhias e se aperfeiçoar nos serviços.

 

“A experiência dos gestores, bem como sua equipe foi crucial, porque empreender não é só dinheiro: é tempo, e ele vale ouro. A ajuda deles até hoje é o que me deixa tranquila em refazer os caminhos, tomar novas decisões”, afirma a franqueada.

 

O seu resultado veio após a sua persistência e dedicação diária. Com um faturamento médio mensal de R$ 6 mil, nos últimos meses Priscila viu seu faturamento dobrar e alcançar uma margem de R$ 12.500 mensal. E ela conta o ‘segredo’ que transformou o seu negócio.

 

 

“Quando você entra em um negócio, você quer retorno rápido. Só que entre o seu querer e o acontecer são coisas diferentes. Foram várias tentativas, frustrações, mas nessa área você precisa ofertar e ofertar. Eu mando e-mail para todos os clientes que me procuraram, envio SMS, invisto em campanha, vou para visita, peço indicação, faço parcerias. Um constante investimento financeiro x tempo x estudo. Eu me inscrevo em curso de marketing digital, me arrisco. Plantando sementes, uma hora a colheita será boa!”.

 

Priscila ainda acrescenta que: “Eu vejo a franquia como uma oportunidade de vender e ter acesso a várias seguradoras, coisa que eu não teria se tivesse apenas tirado a Susep (Superintendência de Seguros Privados). Sou grata principalmente pelos treinamentos, pelo conhecimento e por ter acesso a diversas ferramentas para ofertar o melhor produto: custo x benefício para o meu cliente. A franqueadora me dá a ferramenta eu vou atrás do meu resultado”, diz.

 

Dica de quem passou pelo sufoco

Ter um suporte te ajuda a focar no que você precisa: vender. Todos os dias a franqueadora envia relatórios de parcelas que não foram pagas, apólice, boleto e qualquer outro assunto do pós-venda aos seus franqueados.

 

“Quando eu entrei na franquia, por ser do ramo há muito tempo, tinha certeza que iria me sair muito bem, mas cada companhia é de um jeito. Todo meu conhecimento serve de base e não é uma verdade absoluta. O suporte é justamente para te dar a segurança na hora da comercialização de forma correta. Eu sempre tenho as condições gerais como base para questões técnicas e o suporte para me auxiliar em todas as etapas. Isso gera tranquilidade para vender”, afirma.

 

E para quem está começando a empreender ou está em busca de abrir o próprio negócio, Priscila dá algumas dicas:

 

 

  • Ter planejamento;
  • Escolher um produto;
  • Estudar o seu produto/ serviço que possibilitará sentir segurança;
  • Separar uma parte do dinheiro para campanhas em mídias digitais, porém deve-se primeiro aprender a gerar seus leads para alcançar o público-alvo;
  • Conhecer os sistemas, as regras do produto;
  • Ter uma planilha para avaliar os gastos e retorno;
  • Paciência, constância e uma meta.

 

“A franquia é uma porta de entrada para ter oportunidades que sozinha eu não teria. Seguros é um ramo que nunca vai deixar de existir, até porque o mercado é carente e desconhecido desse tipo de serviço e oferece muitas oportunidades. A JRX é o caminho que encontrei para realizar o meu sonho, mas o percurso é você quem faz, assim como seu atendimento, sua dedicação, seu conhecimento. O sucesso da parceria se dará do quanto você está disposto a investir no seu diferencial”, conclui a franqueada.

 

Suporte de operação

Muitos empreendedores que buscam empreender no franchising não têm experiência no setor em que deseja atuar ou mesmo na gestão de um negócio, por isso o suporte de operação oferecido pela franqueadora acaba se transformando como um dos fatores atrativos para investir nesse mercado.

 

O grupo JRX Galasse disponibiliza um Departamento Operacional exclusivo para o franqueado. Bruno Dornelles, coordenador comercial da JRX Galasse, explica que esse departamento fica responsável pelo suporte aos parceiros auxiliando nas dúvidas diárias que surgem, resolvendo problemas sistêmicos que possam aparecer nos portais das seguradoras e orientando os franqueados de como proceder em determinadas situações e demandas.

 

Além disso, o Operacional fica responsável pelos seguintes serviços:

 

Emissão – O franqueado tem a liberdade e total acesso no início ao fim do processo de cálculo e contratação do seguro. Após efetivar a proposta do seguro, a equipe do Operacional ficará responsável por acompanhar junto as seguradoras essa proposta verificando qualquer pendência que venha a surgir e imediatamente comunicar e orientar o franqueado de como proceder para sanar essa pendência. Quando a proposta vira apólice, o Operacional também comunica o franqueado encaminhando todos os arquivos necessários para que ele tenha o total controle de sua carteira e consiga realizar um pós-venda com excelência.

 

 

Cobrança – O Departamento Operacional também acompanha a inadimplência da carteira do franqueado. Qualquer pendência de pagamento, seja por motivos técnicos ou propositais, entrará em contato com o franqueado orientando sobre como proceder corretamente diante disso. Caso haja boletos a serem encaminhados, o operacional encaminhará ao franqueado para que o mesmo repasse ao seu cliente.

 

Sinistro -  Devido à tecnologia (aplicativos, whatsapp, 0800, portais) o segurado tem acesso direto a seguradora abrindo seus processos automaticamente como sinistro e assistências 24 horas. A seguradora emite um aviso ao operacional que imediatamente comunica o franqueado sobre o acontecido e passa orientações de como proceder.

 

“Essas atribuições do operacional proporcionam uma tranquilidade maior ao franqueado que conta com um suporte para todo momento. Caso não houvesse esse suporte, o franqueado teria que contratar uma pessoa especificamente para realizar essa tarefa ou dispor de tempo para aprofundar-se nessa gestão ficando com seu tempo dividido e não 100% focado nos resultados e vendas. Com esse auxílio ele tem a tranquilidade de focar no que mais importa que é a venda e seu crescimento”, finaliza Dornelles.

 

Sobre a JRX Galasse 

A JRX Galasse é a união de duas corretoras de seguros que somam uma experiência de mais de 15 anos de mercado aliada à ética e a transparência. Diante do forte crescimento do setor, surgiu o Grupo JRX GALASSE Corretora de Seguros, proporcionando a novos empreendedores a oportunidade para entrarem de forma rápida, sólida e segura no mercado de seguros, que segue em constante expansão com a possibilidade de ganhos imediatos. Com dois modelos de negócios, com atuação home office ou escritório comercial, a rede possui investimento a partir de R$ 7 mil e já possui 41 unidades em todo o Brasil.

 

CONHEÇA A FRANQUIA IDEAL PARA VOCÊ

  

Encontre a melhor franquia para você: Franquias por segmentos e ramos
Confira mais artigos em: Gurus do Franchising

Encontre a melhor franquia para você

-->